Blog de 0-observador-do-povo


Homossexualismo no BrasiL.

Como os homossexuais estão preparando sua própria vala.



Escrito por 0-observador-do-povo às 14h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

O grande problema na historia das minorias se deu justamente por essas não desejarem fazer parte da maioria.

Existe a falsa idéia de que os governos visam excluir determinados grupos por sua religião, raça ou agora a mais nova “classe de distinção” orientação sexual. Fato é que a historia nos revela dados importantes e observações muito peculiares. Onde quer que se tenha ocorrido duros massacres de minorias ao redor do mundo, podemos, se usarmos de uma “observação retrograda”, observar os fatos que antecederam a esses trágicos finais e o que observamos é mais ou menos o seguinte.

Foi no livro “minha luta” de Adolf Hitler ou pelo menos é a ele atribuída a frase  a bala que ira contra os judeus, são as balas que eles mesmos ajudaram a fundir” a frase não sei se escrita exatamente como foi proclamada pelo seu autor, nos revela algo muito importante.

De fato as minorias ao redor do mundo cometem os mesmos erros, ao invés de tentarem aderir ao grande todo mantendo privado seu costume particular, passam em nome de uma suposta “proteção” a atacar os costumes do grande todo social.

Ninguém pode odiar um judeu por exercer o judaísmo, ou odiar um homossexual por suas praticas sexuais realizadas na intimidade. A verdade é que esses grupos aqui e ali, acham que  “preservar sua identidade”  é destruir a dos outros, ou seja ao invés de integrarem-se com respeito ao grande todo, ou seja, a maioria, - forte o suficiente para representar o caráter da Nação-, e buscar realizar seus ritos ou praticas sexuais reservadamente bem como o grande todo faz, passam em face dessa torpe idéia de preservação, a atacar os outros violentamente.

Sentem que para preservar a sua liberdade de expressão devem minar todas as outras, passam a formar conglomerados daqueles que pensam igual e exigir direitos que os tornem mais poderosos em face dos outros. Leis especiais “defendem” essas minorias e os tornam intocáveis, afinal, ninguém poderá criticar um homossexual sem que esse possa processar o critico por homofobia, estranho não? Afinal esse era para ser um país democrático, mas a bem da verdade, aqui é o país da mídia vendida, do escravismo ao corporativismo, da hierarquia da mentira da corrupção, onde você é obrigado a servir o Exército, obrigado a votar, obrigado a ler determinado livro e proibido de ler outros. Então  abusando dessas leis, passam a desrespeitar o restante da Nação, com seus privilégios  sobre aqueles que não compartilham ou comungam de seus atos.

Esses homens de determinada “minoria” se fecham em uma visão paranóica, e passam a se tornar indivíduos perigosos, perigosos para si próprios pois não percebem que estão amarrando a corda no próprio pescoço.

 A paranóia seguida pelos homossexuais no Brasil tem merecido cair na analise de um Integralista.

Religiosamente o Homossexualismo é condenável, mas a mesma Palavra que os condena também não nos permite julgar seus atos, o julgamento deles pertence a Deus. Então eu, homem comum não posso emitir julgamento sobre se é condenável ou não, eu apenas como humilde cidadãos posso parabenizar ou penalizar esses indivíduos pelo que toca a constituição com todos direitos e responsabilidades que a Nacionalidade outorga, deixando os julgamentos de caráter ou  praticas de luxuria, para  Deus.

As particularidades corriqueiras dos elementos não me importam. Mas diferente das minorias que acham que preservar sua “identidade” e liberdade significa combater a dos outros, eu pertenço ao grande todo, e religiosamente aprendi que o Homossexualismo é errado, e em face dos bons costumes, que é “a visão quase geral da sociedade” e que se torna o perfil nacional, e também em nome da minha liberdade de culto, ensinarei para meu filho que o homossexualismo é errado, mas justamente como cristão que não tento estar acima da palavra de Deus, ensinarei para meu filho que no exercício de sua profissão ele não deve julgar esses homens, ele apenas não  deve proliferar ou manifestar apoio a eles.

Afinal “ai do homem que se sentar na mesa com outro afeminado” podemos então evitar os pormenores, mas não diz na palavra “ai do homem que não arrebentar uma lâmpada na cara de um”. Com respeito podemos  proliferar o correto, afinal, o rumo natural da humanidade é exatamente  o homem e a mulher, e apesar da “confusão geral” é o único caminho e ira se estabelecer quando os homens boicotarem o apoio bem como a divulgação de uma atitude que não posso julgar como errada, mas tenho certeza que esta distante de ser exemplo.

O problema é que, as minorias estão dentro do meu país, se decidissem viver em paz, exercitando suas particularidades para si próprios, estariam realmente buscando o respeito e tão sonhada igualdade ( diferente do respeito que todos podem atingir, igualdade jamais poderão porque NÃO EXISTE IGULDADE ENTRE OS DESIGUAIS, porem a Igualdade jurídica é uma obrigação) fato é que, os partidos aproveitadores, que dizem defender as minorias, porque somando as minorias elas se tornam a maioria, esses partidos começam a financiar, promover e proliferar pequenos objetos de separação como, sexo, orientação política, religiosa, defeito físico, lugar de nascimento, situação financeira ou raça em fim,  para que todo brasileiro venha a se sentir enquadrado em uma dessas “minorias” pois a partir desse momento, em que nos enquadramos imaginativamente em uma minoria nós vamos viver apavorados diante de maioria que simplesmente NÃO EXISTE e que na verdade já fazemos parte, assim os partidos que as defendem, vão estar no poder rapidamente afinal, somando as minorias, agora “defendem” uma “maioria” que será seu eleitorado.

Claro, esse tipo de partido é irresponsável porque como veremos, estão plantando o ódio e vão colher.



Escrito por 0-observador-do-povo às 14h22
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




A Revolução Homossexual.

Os homossexuais se reúnem em praça publica, cantam seus “hinos de glória” eles estão vindo de todas as partes até das mais distantes para poderem estar ali. Cantam agora sua “liberdade” é no fundo mais que um sentimento de preservação é uma vingança pelo “discriminação” que sofreram na pele. Querem se mostrar para sociedade e mostrar que são fortes e decididos. São um grande grupo unido pelo tipo de sexo que pratica(?).

Para eles os padres falam bobagem ao condenarem o homossexualismo, então eles pressionam o governo por meio desses partidos aproveitadores que querem manipular essa massa se aproveitando de um ódio nutrido por anos tendo que omitir suas “aspirações sexuais” então invadem igrejas, beijando-se na frente de padres e pastores, é seu grito de “olha, nós vencemos”. Arrancam bandeiras e pixam paredes de instituições religiosas, todos passam a se calar frente a essa demonstração de poder. Ninguém reclama afinal agora isso é homofobia. Colocam o kit gay nas escolas  e pensam “agora vamos ensinar as crianças que somos normais e merecemos respeito”. Sim, agora eles tem cotas, ninguém pode impedi-los de dizer a torto e a direta que são gays, e como gays as leis asseguram seu futuro de desenvolvimento profissional, isso para eles é libertador.

Querem mostrar aquela “velhacada” que a seu ver é “antiquada”, que ser gay é no fundo ser “moderno” finalmente suas frases marqueteiras de “geração flex Power” estão ecoando como uma coisa moderna, amparados por bandas, amparados pela mídia da moda e do consumo. Prepararam o caminho para sua felicidade, poderão andar de mãos dadas na rua sem se preocupar, eles são protegidos por lei, são amparados em instituições. São os intocáveis. Nas escolas vão lecionar sobre nós, agora acabou, tomamos a base social que é a educação... finalmente nós Vencemos.

Existe aquele homossexual que nunca veio a manifestar-se sobre essas questões, que nem vai em uma parada gay, que acha até um desrespeito terque se intitular usando o tipo de sexo que pratica como um rotulo. Mas esses estão de braços cruzados, e pensam "se der certo, porque não". Eles vão sofrer.



Escrito por 0-observador-do-povo às 14h11
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




  A contra revolução um tiro pela culatra.

O que eles deixam de notar, lhes custara em muitos casos a própria vida.

Agora o filho chega em casa com o tal do “kit gay” o pai assiste aos filmes, mais do que nunca enche seu coração de ódio, ele serra os punhos por não poder protestar contra aquilo. Não que seja proibido explicitamente, mas é que o risco de confundirem seu manifesto com um gesto de homofobia é grande. Não é só isso, agora cada cristão dentro de sua igreja se sente ameaçado. São cristãos em numero suficiente para lotarem todo o centro de São Paulo apenas pegando um ônibus para estar ali, e olhe lá, se descerem dos prédios talvez já lote.

No intimo de seus lares os pais dizem aos filhos que aquilo é uma vergonha. Nas escolas os mais velhos cerram os punhos. Agora as palavras de Deus que “condenam” fazem mais sentido. Na faculdade a convivência com os alunos gays vai se tornando preconceituosa, podem não falar, mas todos olham para eles como uma minoria suja, uma minoria de hipócritas e aproveitadores por conta das cotas e de seus direitos.

Os padres continuam a pregar contra eles, mas agora, homens que antes nunca pensariam no tema dos Homossexuais se vêm obrigados a enfrentar o mesmo, porque agora convivem com leis, convivem com cenas de homossexuais confrontando até dentro da sua igreja. Até com certa velocidade, os professores passarão a fazer do seu meio de trabalho um palco para discursos e mensagens indiretas, que todos captarão.

Dentro de casa os discursos da escola serão fortificados com palavras bem menos disfarçadas de pais que são obrigados a trabalhar com homossexuais irresponsáveis que não são demitidos porque são gays, os professores homossexuais vitimados por alunos, ou que observaram  um aluno ameaçando ou mesmo batendo em um gay, ira chamar os pais do agressor,  os pais que incentivaram. Na Igreja os padres e pastores  pegam mais pesado, o tal do Bulling nas escolas vai não só aumentar mas se concentrar em alunos por vezes só são tímidos, ou que só conversão com meninas, padres e pastores que até agora criticam mas não são ouvidos pelos cristãos e são ridicularizados pelos homossexuais, vão se tornar Lideres religiosos, porque falaram “contra um mal que se tornou real” . Cada brasileiro não gay agora faz parte de uma minoria, mas essa minoria senhores, é a grande esmagadora maioria. E os gays diferente do que sonharam vão sentir o drama da “bala que ajudaram a fundir” porque deram motivos. Agora assim como os gays no passado todos os dias, milhões e milhões de brasileiros vão chegar em casa com uma historinha.

Vão começar a demonstrar desprezo pelos gays em cada profissão. Agora os gays vão conhecer o drama de serem um Judeu marcado com a estrela de Davi, porque terão que entrar nos lugares e dizerem que são gays, se pondo a mercê de milhões de profissionais que farão uma guerra silenciosa contra eles, usando seu trabalho... Os gays vão viver amedrontados, porque afinal, será que aquele policial é um inimigo? Aquele juiz? Aquele medico? Aquele professor?  Nenhum deles está isento do que está por vir.

Idéias extremistas vão se tornar populares partidos vão aderir a elas porque a grande bola da vez, será essa recém formada “minoria” gigantesca. Os pais sentirão orgulho dos filhos que contarem historias de desprezo publico que fizeram com homossexuais. Tudo e em todos os lugares o preconceito vai crescer avassaladoramente, porque os espíritos estão amparados por Deus para combaterem o homossexualismo, mas nesse caótico cenário o pior ainda vai surgir.

Quando as cotas para Negros foram estipuladas, muitos diziam que poderia aparecer um líder político falando de raça e que ganhasse crédito. Claro que isso não aconteceu, isso porque muitos brasileiros são miscigenados, a maioria.

Mas para combater os gays, fervilharão lideres de todos os lados, basta olhar o quão tem crescido a popularidade de aceitação e colaboração do povo a lideres políticos que dizem contra o homossexualismo, Líderes antes medíocres já estão tendo chamados do povo para se tornarem presidente. Sim senhores, aparecera um líder político e ele estará amparado pela Fé, amparado pelo ódio, amparado por essa  “minoria” esmagadora que são aqueles que NÃO são homossexuais.

O resultado senhores, vai ser um onda de discriminação, ódio, espancamentos, intolerância, destruição e sim, mortes.

Até que os homossexuais cairão no mais absoluto abismo. Suas literaturas serão caçadas, antigos colegas que antes não ligavam vão delatar a opinião sexual do antigo amigo aos grupos cada vez mais violentos, o sonho de andar de mãos dadas na rua nunca se realizara, irão agora sentir o drama do que procuraram. Toda liberdade vai acabar.

Já ouvi gente – de envergadura social – dizer “sei fazer explosivo plástico. Os jovens espirituosos agora tem uma causa, uma causa para lutar. E vão entrar em ruas, vão destruir paradas gays, queimar mais do que bandeiras, vão queimar os sonhos de igualdade e liberdade daqueles que hoje acham que estão vencendo. Sinto por aqueles homossexuais que compreendem que fazem parte de um todo, que são Brasileiros e que sua intimidade não é do interesse de ninguém, sinto no fundo uma pena, afinal, nunca “brigaram” por direitos gays, nunca participaram de uma passeata mas pelo menos podia antes entrar e sair de qualquer lugar, sem se preocupar, se voltaria vivo,  pois a essa altura serão obrigados a tomar parte de uma guerra que não buscaram. Mas é sempre assim, inocentes que pagam por outros, quantos vão se tornar perseguidos e vitimados só por terem talvez uma voz fina, ou um cabelo maior... dimensões incalculáveis do que esta por vir.

Hoje eles acham que com isso estão vencendo... bem senhores, rezem... porque a revanche dos vencidos vai precisar muito de Deus.



Escrito por 0-observador-do-povo às 13h57
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Nosso dever

Nosso dever como cristãos, é de jamais pensar que a morte ou um ato atentatório fisicamente ira solucionar o problema. Como integralista creio que as palavras podem modificar a história humana de maneira sensata, é claro que na historia humana revoluções pacificas não tendem a ter a mesma “dimensão” que atingem as violentas, podemos ter em vista a própria historia da AIB um movimento ideológico que fora tão grandioso e mesmo assim alguns afirmam que o Nazismo fora maior, claro, os que afirmam isso não tem noção de que a Europa central cabe dentro do mapa do Brasil.

A AIB fora desmobilizada porque viveu em plenitude aquilo que pregou, e se negou a cooperar com a ditadura getulista. Mostrou no final que tinha razão porque Vargas se foi, mas aqui estamos nós, a FIB, germinando a semente deixada pela AIB.

Santo Agostinho conta a história de um pirata capturado por Alexandre, o Grande, que lhe perguntou : ” COMO VOCÊ OUSA MOLESTAR O MAR ? “. ” E COMO VOCÊ OUSA DESAFIAR O MUNDO INTEIRO ?” replicou o pirata. “POIS POR FAZER ISSO COM UM PEQUENO NAVIO, SOU CHAMADO DE LADRÃO; MAS VOCÊ, QUE O FAZ COM UMA MARINHA ENORME, É CHAMADO DE IMPERADOR”.

Assim aqueles que molestam os povos, molestam a historia, ganham títulos de nobreza. A morte e a revolução violenta sem respeito tende a ser derrubada.

Nós devemos manter o ensinamento do Evangelho, não apoiar, usar nosso poder político para fazer valer a vontade da maioria e para que todos se enquadrem fazer valer a pena nossa constituição já bastara.

A todos aqueles que acreditam na vida

Anauê



Escrito por 0-observador-do-povo às 13h55
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

Refleti, e coube a mim uma responsabilidade imensa, uma responsabilidade que cabe a cada brasileiro, que ciente da situação de sua pátria, deve, pelo dever cristão, responder a sua consciência. Consciência defino particularmente como inquietação, aquele que a possui é inquieto, não omisso.



Escrito por 0-observador-do-povo às 16h00
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O  futuro aguarda o Sigma, esse  futuro deve pertencer aos homens bons que hoje assistem oprimidos a liberdade dos perversos.

Devemos e vamos  trabalhar observando os paradigmas humanos,  não tentando como os doutrinas políticas existentes, fertilizar o terreno desértico onde qualquer homem acaba quando não dá valor para todas suas dimensões.

O poder do Integralismo não se outorga não acaba, ele não subseguia-se pois sempre existiu, ele apenas foi descoberto. Do transcendental aqui eternamente estaremos.

A carne nos campos apodrecem!  Aquele que viu no derramamento de sangue um sinal de honra, não é tão heróico quanto o Integralista, que sacrifica alem do corpo no plano físico, o  espírito na metafísica. Pois aquele que acha que servir a carne em sacrifício no altar da Pátria é honra, não conhece a essência de triunfos e das Glórias verdadeiras.

O espírito transcende, diferente da carne que  tomba, o espírito é linear em todos os momentos. Entregar o espírito é voltar para nossa origem, nosso ponto de partida e de chegada, que é Deus, nosso inicio, meio e fim.

Hoje sabemos que perdemos oportunidades no passado, mas será diferente no futuro. Quando chegar nossa hora,  nos agarraremos a ela com a  firmeza que Nosso Chefe outrora entregara a sua vida em uma eterna luta pelo Brasil.



Escrito por 0-observador-do-povo às 15h39
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Se justificam as demais doutrinas, com o argumento de que sangue derramou-se em nome de suas flâmulas, devemos negar a todos que vangloriam-se por isso, pois o gozo da carne é instinto, ou seja, vulnerabilidades e  liberdade das fraquezas. 

Qualquer um pode entregar a carne, até aqueles que tiveram uma vida inóspita, e cheia de falhas representadas em lacunas de moral. Tomba por essas ideologias nada mais que carne. O sangue que rega o campo dessas ideologias ira evapora-se. O Integralista  não vê a morte do físico como símbolo máximo de sacrifico, para nós, símbolo de sacrifício  é a entrega do Espírito.

 Morrer não é honra é o fim natural de toda vida física, para  nós entregar o espírito é sublime, é verdadeiramente valente, pois é aceitar uma batalha eterna pela perfeição afinal, o espírito vive para sempre.   O corpo tomba, ao pó volta, mas aquele que entrega o Espírito terá  uma vida cotidiana de evolução própria, para amar, para ouvir, para frutificar o campo da Moral, da ordem  e da justiça – não digo lei, digo justiça, afinal a lei atual tem lacunas injustas, mas, a Lei do sacrifício do Espírito no altar da pátria é justa, pois é Divina.



Escrito por 0-observador-do-povo às 15h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O Nacionalista tomba por sua pátria, por seus irmãos, sem o orgulho pagão de ver nisso uma honra, um sacrifício, mas vendo nisso o ultimo ato carnal de seu dever para com seus irmãos, em defesa de seus valores, em defesa da verdade. Buscamos nos voltar para Deus, e não sermos deuses. Não somos o ser de Nithische  a criatura versos o criador, SOMOS FILHOS DE DEUS, PARA DEUS E POR DEUS, E a este mestre, apenas devoção e eterno agradecimento, por ter vivido na Pátria que nos deste.

Não se pode roubar a vitoria de um nacionalista, abafá-la ou evitá-la, porque o nacionalista, a despeito de nosso mestre que é Cristo, sabe, que a verdade não deve ser calada, que devemos incentivar as pessoas a falarem, mesmo que aquilo que tenham a dizer não seja popular. Que venha a nós a dureza dos preconceitos, que ódio em corpo manifeste-se. Nosso peito é nosso escudo, e nosso coração nossa arma. Se a tirania dos homens, se seus falsos profetas nos jogarem na escuridão do calabouço e atirarem migalhas de suas mesas para nós, buscando nos ferir, não sairão vitoriosos, pois nossa luz é interior, e o evangelho é nosso lampião, enquanto houver Espírito haverá luz, enquanto houver luz haverá nacionalismo, enquanto houver nacionalismo haverá integralismo, e enquanto houver integralismo o Brasil vive.



Escrito por 0-observador-do-povo às 15h18
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




...

Hoje todo pequeno problema se tornou um grande problema. Pequenos homens não estão a altura dos problemas. Então, estarei a frente, e Na Frente (www.integralismo.org.br), para tornar minha Pátria grande dentro de mim, e não o contrario, fazendo isso, estaremos a altura de qualquer problema, superior a qualquer crise, homens cristãos. Que usam das palavras para fazerem revolução, são homens eternos, justamente pelo fato, de que nossas palavras não morrem junto com as revoluções as quais os homens tombaram. Porque a palavra é a arma do espírito, falem, e enquanto falarem estarão vivos. Deixem-se calar e perderão, estarão mortos.



Escrito por 0-observador-do-povo às 15h14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Sentinelas do Brasil



Escrito por 0-observador-do-povo às 17h00
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Governo Terrorista

 

 

Dilma Rousseff agora esta na Presidência da Republica mais uma vez, pelo PT (ridiculamente chamado de Partido dos Trabalhadores) O PT, que tem entre suas fileiras as mais diversas personalidades, Como Dirceu de Castro que mudou o rosto em cirurgia plástica para voltar ao Brasil, (pique cinema norte americano), Luiz Inácio Lula da Silva um homem que trabalhou pouquíssimo tempo e amputou o próprio dedo para ficar encostado, Genuíno querido Guerrilheiro da famosa Guerrilha do Araguaia que hoje agradece a Deus pelos militares terem prendido-o ainda no inicio “se não eu estaria morto” diz ele.

Dilma Rousseff não deixou a desejar aos seus Camaradas de Luta. Durante o período do Regime Militar, Dilma era conhecida como “Camarada Estela” seu nome de Guerrilha. Ela planejou atentados contra autoridades estrangeiras, planejou seqüestros, promoveu o assalto ao Cofre do ex-governador de São Paulo Ademar de Barros, conseguindo naquela época MILHÕES, que pertenciam as economias do Ex governador. Esse dinheiro foi usado para implantar bombas em bancas de jornal, para comprar armas dando sustento a Guerrilha Urbana liderada por Lamarca e Marighela. Alem do Fato de Dilma ter coordenado operações para assaltar quartéis militares e ter nessas ocasiões matado os soldados que pertenciam ao efetivo EV (efetivo variado) ou seja, serviam obrigatoriamente. Dilma em especial trabalhava para o VAR-Palmares(Vanguarda Armada Revolucionaria-Palmares).

Para ter-se uma idéia mais clara de como esses grupos funcionavam e se utilizavam de metodos inescrupulosos, o livro: “Manual de Guerrilha Urbana” de Marighela foi “exportado” para o Oriente Médio onde se tornou "livro de cabeceira" na formação da AL-Queida. É difícil entender porque Dilma Rousseff considerava matar pessoas inocentes para atingir o poder, uma ato licito. Em fim, todo cidadão de bem sabe que NÃO EXISTE LEGALIDADE FORA DA LEI, claro que Dilma e seu bando não eram pessoas de Bem, para esse bando no qual o Fim justificavam  os meios ( e ainda justificam), a vida de irmãos de pátria foram jogadas no lixo por muito pouco. 

 

 

 

 

 



Escrito por 0-observador-do-povo às 16h02
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Qual era essa Utopia de Dilma Rousseff?

 

A Utopia de Dilma era fazer do Brasil uma grande Cuba, uma União Soviética na América Latina, ela NUNCA LUTOU POR DEMOCRACIA, seu bando, mesmo quando preso pelos Militares viriam – dentro da cadeia- ensinar prisioneiros comuns a serem prisioneiros com “toque” de guerrilha e técnica, fundou-se pela a ajuda do Bando de Dilma Rousseff o PCC, dito vulgarmente como Primeiro Comando da Capital mas que Teve inicialmente a mesma sigla mas com o significado de Poder e Comando ao Comunismo”.

Em 1917 os bolcheviques chegaram no Poder da Rússia, mataram os antigos lideres monarcas, mataram os Generais de altas patentes no que ficou conhecido como “expurgos de Stalin” mataram centenas de Padres, saquearam Igrejas, fuzilaram pessoas inocentes, permitiram através da retaliação da economia agrária, que pessoas tivessem que comer cadáveres humanos para sobrevir. Stalin era um sujeito tão Camarada, que jaz a lenda que esquartejou o namorado da filha e entregou o mesmo a ela dentro de um saco de entulho.

Mortos por Comunistas

Stalin fuzilou centenas de Oficiais Poloneses que renderam-se a ele na II Grande Guerra, e ainda tentou imputar a culpa aos Alemães. Stalin fez da tortura uma pratica extraordinariamente cotidiana, arrancar dentes, Agulha de baixo de Unha, Empalamento e outras eram bastante comuns. Nas leis, era proibido até mesmo rezar, Deus foi ridicularizado por eles. Durante a II Guerra, os Comunistas assassinaram  20 Milhões do seu próprio Povo, os Soldados do Exército Vermelho estupraram milhares de Mulheres por onde passavam. Ou Seja o comunismo que Acabou com o fim da Guerra Fria, implantado na America Latina, por tiranos como Fidel Castro e Che Guevara, (na America latina matando 150 Mil pessoas), na Coréia do Norte e na China o Numero é incalculável – esse comunismo terminou pela falência de seus métodos, mesmo assim, Dilma optou por continuar Comunista.

O sonho de Dilma era  fazer com que o Brasil fosse dessa gente, o bando dela, que hoje finge que “lutava pela democracia” quando estava em “uma fria” pediam exilo em Cuba (ultra democrática). Quando A ditadura caiu e os terroristas ganharam anistia, todos voltaram ao Brasil como o Gabeira que seqüestrou o Embaixador Alemão, os Militares foram proibidos de Falar e quem escreveu a ESTORIA foram pessoas como Dilma. Os terroristas de Dilma fundaram o PT, usando como símbolo a Estrela Vermelha, aquela que talvez quem tenha um pingo de cérebro lembre, com o símbolo da foice e da marreta, ou seja, a Estrela do Exército Vermelho dos Sanguinários da União Soviética. Para ter-se uma idéia, calcula-se que no mínimo até a queda da União Soviética, 1oo Milhões de pessoas foram Mortas pelo Comunismo, quantas morrem na China, Na Coréia do Norte e em Cuba sem que ninguém saiba?

Vendo que a “revolução armada” era coisa do Passado, Dilma e seu bando, fizeram com que o PCC mudasse seu nome e caísse na Ilegalidade, apensar que quem lembra-se dos ataques misteriosos desses na campanha presidência de LULA contra o Tucano, vão perceber que LULA ganhou a eleição porque aproveitou-se do caos para criar uma proposta que não tinha, lembrando, que muitos Inimigos do Lula morreram nos Atentados, que nenhuma conversa policial foi gravada nesse dia (dizem ter dado pane no sistema) o Próprio Geraldo Alkimin percebeu isso e pronunciou-se dizendo que era Muito conveniente aqueles atentados, ele disse que talvez o PT tivesse usado a tática do “terror” ou seja, iludir o povo, assustar o povo, para conduzi-lo para onde se deseja, o mesmo que Bush fez para levar os Americanos ao Iraque.

Dilma e Seu bando ainda financiam o MST, movimento depredador e terrorista, financiado por dinheiro de ONGs  de fachada. Hoje no Poder, eles negam exílio para pessoas Comuns – atletas que tentaram fugir do regime Castrista na Cuba – mas dão exílio a Terroristas como Batisti condenado a Morte pelo governo Italiano e que ira andar livremente no Brasil afinal, Batiste foi um grande Terrorista Comunista.



Escrito por 0-observador-do-povo às 16h00
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




o Terror De Dilma Rousseff

Como o PT chegou a Tanto?

O Bando de Dilma optou em utilizar  um novo “estilo” de Comunismo, o Comunismo Evolucionista, nesse, eles infiltram-se nas instituições, dobram a opinião publica, ganham eleições, retiram a liberdade do povo aos poucos (para ver até onde vamos) implantando como por exemplo a ineficiente Lei Seca, a Lei do Tabaco, O Voto Obrigatório etc... após dominar a Igreja para desarticular a mesma, passam a dominar a Mídia e pagar outros para fazer seu trabalho sujo. Claro para iniciar esse processo “democrático” para chegar na Ditadura, O PT não fez-se antipático as corrupções ( mais de 100 casos de corrupção só no primeiro mandato do LULA) financiou e fez vista grossa ao Trafico, financiou todo tipo de depravação que pode (faz parte do Ideal comunista acabar com a moral pois – segundo Marx ela gera desigualdades) Destruíram a Educação, Incentivam as crianças a “masturbarem-se para evitar a gravidez”. Em fim, depravam o povo. Dilma tenta deixar mais heróica sua imagem, falando de achar as “100”pessoas que desapareceram durante a ditadura “vamos abrir os arquivos da ditadura” ela diz, porque ela não para de tentar achar morto e faz algo pelas 22 mil pessoas que somem somente em São P

 http://www.youtube.com/watch?v=UWVJbXz5l3gaulo por ano.

 

Lula finge não querer um Terceiro Mandato, afinal, ele precisa fingir, quando atingir o poder e tornar-se ditador, que foi “o povo que quis” mas já garante a Dilma Russeff para dar continuidade ao Brasil PTista.

http://www.youtube.com/watch?v=AZLeZtIC0NE&feature=player_embedded

 



Escrito por 0-observador-do-povo às 15h48
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O INTEGRALISMO

Para compreender o Integralismo, devemos observar que no decorrer dos séculos o homem transformou a fé conforme suas políticas, isso levou o homem a guerras e a genocídios sem precedentes. Como pode a política baseada na fé, ocasionar tanto mal?

 

A resposta a essas perguntas podemos encontrar na própria analise da formação política religiosa desses casos. Analisando livros sagrados destes casos, concluímos uma semelhança muito grande entre eles, todos fazem referencia a paz, como também a guerra. No passado o homem já compreendia a necessidade de se “completar” e viver em harmonia com o “mundo interior”. Já sabiam os homens, que para atingirem o mundo do infinito, o mundo do espírito, precisavam viver conforme suas religiões. Porem suas interpretações voltaram-se muito mais ao lado político do que o religioso, o que os levou a pensar que: obrigando - por meio da força - outros povos a sua obediência, estavam punindo os “bárbaros” negadores da fé verdadeira e como conseqüência, assim eles estariam agindo conforme Deus sempre esperou de seus filhos.

Não perceberam e não percebem esses homens, que em todos os ensinamentos perenes de Deus e que dividiu-se em milhares de religiões ao redor do Globo, não podemos afirmar que todos sejam verdadeiros, mas também não podemos afirmar que não o seja, porque todas falam do respeito ao diferente, todos tem em comum a prosperidade, a paz, a vitória e o amor. Porem, esses homens não criaram governos com base na interpretação de suas próprias escrituras, pois se tivessem criado governos como suas religiões dizem para fazê-lo, não teríamos os tristes eventos ocasionados pela falta de visão do homem que hoje - como sua uma alma “pigmeu” cheia de defeitos e fraquezas -, não interpreta sua fé corretamente e pior, aplana seu ódio com uma ‘justificativa’ imaginada só por ele mesmo.

Para entender a *“Milícia do Além” é preciso saber se vós tendes realmente fé, é preciso pensar; como anda sua fé na pratica? E eu não me refiro a freqüentar uma Igreja e Comungar, pensemos no seguinte exemplo: um homem brada com toda sua força que acredita em Deus e que abomina o fato de existirem ateus, porem, se dois dias após seus brados, sua filha cair em estado vegetativo no hospital, acaba por optar a morte de sua própria filha por meio do desligamento dos aparelhos. Se sua fé fosse do tamanho de um grão de mostarda, no mínimo ele esperaria um milagre.

É preciso para entender o Integralismo, entender um pouco sobre Deus, sobre seu evangelho, sobre seus filhos, sobre as diferenças étnicas e sociais que nos cercam, é preciso fazer valer pequenas coisas como “amar ao próximo como a ti mesmo”  e sem duvida, sentir amor em ouvir a historia da Religiosidade Cristã, judaica e muçulmana. O homem só ama o que pode tocar e ver, no entanto, somente crê em Deus, aqueles que o tocam quando afagam delicadamente os cabelos dos filhos; crê em Deus quem consegue vê-lo através da inocência dos animais truculentos correndo nas planeasses com sua liberdade; crê em Deus quem sente seu sopro nas gigantescas paisagens floridas que fazem do mundo mais bonito; crê em Deus quem gosta do perfume do café e o gosto do mate do pampa; crê em Deus o boiadeiro que laça os mais bravios e fortes animais com uma força pequena; crê em Deus aqueles que colhem os cereais do solo; crê em Deus quem ara a terra, que funde o metal, que limpa, que rega, que colhe milagres de estação em estação; crê em Deus quem pede a chuva e ela cai; crê em Deus quem perde tudo e tem nova oportunidade de recomeçar; crê em Deus aquele que chora pelos irmãos e clama dias melhores. Por fim crê em Deus quem sabe, que para lançar a *Nau Brasil ao Mar em busca de suas admiráveis conquistas - prevista no Cruzeiro do Sul -, é preciso que pardos, índios, mulatos, negros e brancos, façam igual força, é preciso que dêem as mãos, que sejam, no instante da Pátria, um só corpo, uma única força, um Único sonho. É preciso amar o ser humano, amar a cada ser humano como se esse fosse o único, jamais enxerga-lo como coletivo, jamais achar que a maioria pode prevalecer sobre a voz deste, e jamais a voz deste prevalecer sobre a maioria.

 

 

·         Nau = antiga embarcação de Guerra dos Séculos XVII, XVIII, XIX compunham a frota Cabralista do Descobrimento do Brasil.

  • Milícia do Além = Localidade onde as Almas valentes dos Camisas Verdes, continuam após a morte, a lutar.

 

 

As literaturas Integralistas somam-se as varias, dando uma impressão errada ao interessado em conhecer o Integralismo, pois devido a tal quantidade de literatura ele aparece como um regime complexo e não o que realmente é, uma conseqüência natural da interpretação de Nossas Escrituras Sagradas.

 

OBS: Para realizar o estudo sobre o Integralismo, vamos emaranhar uma serie de livros que são referentes ao mesmo.



Escrito por 0-observador-do-povo às 08h04
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis
Votação
  Dê uma nota para meu blog